08
mar
10

Sobre os fatores cósmicos que influenciam o clima da Terra


Herbert George Wells

Para discorrer sobre os movimentos da Terra pelo espaço que podem influenciar o clima do planeta, vou recorrer aos talentos literários de alguém bem melhor do que eu : trata-se de H.G. Wells , o mesmo autor de ” A Guerra dos Mundos “, superclássico da
literatura sci-fi, que provocou pânico na população americana , ao ser
radiotransmitido por Orson Welles, em 1938.
Ocorre que Wells, além de ótimo escritor , também foi um grande erudito e
divulgador da ciência, e escreveu , no ano de 1918, uma ” História Universal ” ( The outline of History: Being a Plain History of Life and Mankind ) destinada ao público leigo, em 3 volumes .
É da primeira parte dessa história universal , dedicada à “história natural” , que retirei o trecho a seguir :

“Entre as causas de variação climatérica, é preeminente o fato de não gira a
Terra em volta do Sol num perfeito círculo . A sua órbita é como uma roda
achatada ; de um modo grosseiro , elíptica ( ovoelíptica ), estando o Sol mais
próximo de uma das extremidades da elipse que da outra . Acha-se em uma posição de certo modo equivalente a um dos focos da elipse . A forma dessa órbita não se conserva porém a mesma, sendo vagarosamente deformada pelas atrações dos outros planetas; em certas épocas será aproximadamente circular e, em outras, mais ou menos elíptica.
Quando a elipse se aproxima do círculo, o seu foco se faz mais central ; quando a órbita atinge a forma mais elíptica, a posição do Sol se afasta o máximo do meio ou , para usar a expressão de astrônomo, o Sol se torna mais excêntrico .

Quando a órbita se torna quase circular é óbvio que a Terra receberá todo o ano a mesma quantidade de calor do Sol; quando a órbita está mais deformada ,haverá, em cada ano , duas estações : a primeira ao achar-se a Terra maispróxima do Sol ( esta fase é chamada de periélio ) , recebendo relativamentegrande quantidade de calor; e a segunda , ao achar-se mais distante do Sol ( afélio ) , recebendo , por conseguinte, menos calor.

Durante as épocas em que a órbita é quase circular haverá , portanto, o mínimo de diferença de clima , e , quando a órbita estiver no seu máximo de excentricidade, haverá uma época de frio , com grandes extremos de temperatura nas estações . Estas mudanças de clima da Terra são devidas à variação das forças de tração dos diversos planetas . Sir Robert Ball declarou-se incapaz de calcular o ciclo regular de mudanças da órbita , mas o prof. G.H.Darwin assegurou que é possível calcular um ciclo, entre a maior e a menor excentricidade, em cerca de 200.000 anos .

 Tal mudança na forma da órbita terrestre é uma das causas da mudança do clima do mundo . Há outras a serem consideradas .

Como todo mundo sabe , a mudança das estações é devida ao fato de a Terra
achar-se inclinada em ângulo agudo sobre o plano de sua órbita . Se a Terra
estivesse certa e direita, de modo que o Equador estivesse em ângulo reto sobre a órbita, não haveria mudança nas estações. O Sol estaria sempre perpendicular ao Equador, e o dia e anoite seriam ambos, exatamente, de doze horas em todo ano e por toda a parte . É aquela inclinação que causa as diferenças das estações e o comprimento desigual dos dias, no verão e no
inverno .

 

 

Há , segundo Laplace,uma variação possível de quase três graus ( de 22,6′ a
24,5′ ) nesta inclinação do Equador sobre a órbita , e quando essa diferença é
máxima a diferença entre verão e inverno é também máxima . Grande importãncia deu a esta variação da inclinação do Equador sobre a órbita o Dr. Croll, no seu livro ” Clima e Tempo ” . presentemente o ângulo é de 23′ e 27′ .

Evidentemente quando o ãngulo estiver no seu mínimo , o clima do mundo , mantidas as demais condições, terá o máximo de uniformidade .

Terceiro importante fator é a chamada Precessão dos Equinócios, isto é , um
lento oscilar do pólo da Terra a cada 25.000 anos . Quando observamos o topo girante de um pião no momento em que está “dormindo’, percebemos que o seu eixo faz um lento movimento circular. é exatamente o que se dá com o eixo da Terra. O pólo norte, portanto, não aponta sempre para o mesmo ponto norte entre as estrelas : traça um círculo nos céus a cada 25.000 anos .

 

 

São três, pois, os sistemas de mudanças, todos se processando independentemente um do outro – precessão dos equinócios, a mudança da obliquidade do equdor sobre a órbita , e as mudanças de excentricidade da própria órbita . Cada sistema tende por si mesmo a produzir períodos de uniformidade e períodos de grandes contrastes climatéricos . e todos esses sistemas de mudanças influem uns sobre os outros.

Ora sucedendo , ao mesmo tempo que a órbita esteja circular, o Equador ,na sua inclinação menor sobre o plano da órbita terrestre , e a primavera e o outono , no periélio e no afélio , então todas as causas conspiram para tornar o clima quente e uniforme; haverá um mínimo de diferença entre verão e inverno . Quando, por outro lado , a órbita estiver no seu máximo de inclinação excentrica, o Equador no máximo de inclinação e, ainda, o verão e o inverno , no afélio e periélio , então o clima estará em seus extremos e o inverno no seu máximo rigor.

Haverá no inverno grandes acumulações de gelo e neve ; o calor do quente e breve verão refletir-se-á no espaço através das brancuras da neve mas será desproporcionado para a tarefa de fundir o gelo do inverno , antes que a Terra gire de novo a sua fria posição no afélio . A Terra acumulará frio enquanto durar esta conspiração de condições extremas.
 
Assim muda e oscila , perpetuamente , o clima de nosso planeta, conforme três sistemas de influência se reunem com tendência comum para o calor ou para o frio, ou se contradizem e se anulam entre si . “

***

NOTA : Esse texto foi escrito em 1918 , por uma pessoa que não era astrônomo de
profissão . Não encontrei , até hoje , algum outro texto que explicasse melhor( de maneira tão fácil e concisa ) os movimentos da Terra no espaço e a forma como eles influenciam o clima do planeta .
O objetivo do texto é descrever apenas os fatores cósmicos que influenciam o clima na Terra . É claro que existem outros fatores que influenciam o clima também : geológicos ( atividade vulcânica ), biológicos ( organismos que produzem metano , co2 , etc ), antrópicos ( poluição  ), etc … Tudo isso tem de ser levado em conta mas, por hora, gostaria só de elucidar os fatores astronômicos que contribuem para a elevação/diminuição da temperatura da Terra . O que não quer – necessariamente – dizer que eu não ache que o aquecimento global não seja causado pelo homem . Acho que devemos pesquisar mais sobre o tema .

About these ads

3 Responses to “Sobre os fatores cósmicos que influenciam o clima da Terra”


  1. março 9, 2010 às 5:34 pm

    Muito interessante mesmo! Parabéns pelo artigo!

  2. 2 deniseselmo
    março 17, 2010 às 10:33 pm

    Adorei este post, Herik!!!! MUITO BOM!!!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: