02
out
09

Telescópio Kepler poderá detectar exoluas habitáveis


Exoluas habitáveis

010130090923-mundos-habitaveis-2
Desde o lançamento do Telescópio Espacial Kepler, no início deste ano, os astrônomos têm aguardado ansiosamente a primeira detecção de um planeta parecido com a Terra, orbitando outra estrela – veja Telescópio Espacial Kepler vai começar busca por outras Terras.
Agora, no que parece ser o eco de um filme de ficção científica, uma equipe de cientistas da Universidade College London, coordenada pelo Dr. David Kipping, acredita que será possível descobrir até mesmo “exoluas” – luas dos planetas extrassolares, também conhecidos como exoplanetas.

 A missão principal do telescópio Kepler é monitorar milhares de estrelas para detectar minúsculas variações em seu brilho conforme seus planetas passam à sua frente – o que os astrônomos chamam de eventos de trânsito. O observatório orbital será capaz de detectar esses trânsitos com uma precisão sem precedentes.

O Dr. Kipping já havia proposto uma técnica para detectar exoluas, mas ninguém tinha certeza se o método poderia realmente funcionar com a tecnologia atual. Ele e sua equipe agora modelaram as propriedades dos instrumentos do telescópio Kepler, simulando a intensidade esperada do sinal que uma lua habitável poderia gerar.

Como planetas e luas extrassolares são detectados?

A gravidade de uma exolua cria um arrasto na órbita de seu planeta, fazendo o planeta “balançar” durante sua órbita em volta de sua estrela-mãe. As alterações resultantes na posição e na velocidade do planeta deverão ser detectáveis pelos instrumentos do Kepler por meio da temporização precisa dos eventos de trânsito.

Os cientistas levaram em conta uma ampla gama de possíveis sistemas planetários e descobriram que um planeta fofo como Saturno (o planeta dos anéis tem uma massa extremamente baixa para o seu tamanho) oferecerá a melhor chance para detectar uma lua, em vez de um planeta denso como Júpiter. Isto porque os planetas como Saturno são grandes – bloqueando muita luz conforme passam à frente de sua estrela – mas muito leves, significando que eles sofrerão muito mais a ação da gravidade de uma lua rochosa do que um planeta pesado.

Luas habitáveis

Se um planeta parecido com Saturno estiver a uma distância adequada de sua estrela, então a temperatura permitirá que a água em estado líquido seja estável em luas suficientemente grandes, tornando-as potencialmente habitáveis.

Os astrônomos descobriram que exoluas habitáveis com apenas 20% da massa da Terra serão facilmente detectáveis com os instrumentos do Kepler.

Potencialmente, o telescópio poderá procurar luas habitáveis do tamanho da Terra ao redor de mais de 25.000 estrelas, localizadas a até 500 anos-luz do Sol. No céu inteiro, há milhões de estrelas que poderiam ser rastreadas em busca de exoluas habitáveis contando-se tão-somente com a tecnologia atual.

Ferramentas e metodologia à disposição

Se esses corpos celestes são comuns na galáxia é algo que os astrônomos ainda não sabem, mas agora eles têm as ferramentas e a metodologia para descobrir.

“Pela primeira vez nós demonstramos que luas potencialmente habitáveis a até centenas de anos-luz de distância poderão ser detectadas com os instrumentos atualmente disponíveis,” diz o Dr. Kipping. “Conforme rodávamos as simulações, ficamos surpresos que até luas com apenas um quinto da massa da Terra poderão ser detectadas. Parece provável que existam muitos milhares, talvez milhões, de exoluas habitáveis na galáxia, e nós poderemos começar a encontrá-las agora.”

Bibliografia:

On the detectability of habitable exomoons with Kepler-class photometry
David M. Kipping, Stephen J. Fossey, Giammarco Campanella
Monthly Notices of the Royal Astronomical Society
Vol.: Accepted for publication
http://xxx.lanl.gov/abs/0907.3909

FONTE : site inovação tecnológica – http://www.inovacaotecnologica.com.br/index.php

Anúncios

2 Responses to “Telescópio Kepler poderá detectar exoluas habitáveis”


  1. 1 Fernanda
    março 8, 2010 às 1:50 am

    será q é com vc que vou pegar indicações para adquirir um telescópio??!?

    • 2 ericrussel
      março 8, 2010 às 3:03 am

      Oi Fernandinha … eu não manjo muito ( ainda ) , mas estou construindo um telescópio também 🙂 … posso apresentar você para o pessoal do CASP … eles são feras nesse assunto e podem te ajudar a comprar um adequado p/ você ou ajudar a construir seu próprio telescópio .


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: